Você sabe o que é benchmarking? O conceito dessa estratégia consiste na pesquisa feita pelas empresas para conhecer processos dos concorrentes. O principal objetivo é melhorar os próprios procedimentos por meio do exemplo alheio.

De certa forma, o benchmarking funciona como um exercício de autoconhecimento e faz parte da inteligência de mercado, colaborando para as estratégias decisivas e a definição de metas. Continue a leitura deste post, entenda um pouco melhor sobre a importância de aderir a essa prática e como é possível fazer isso!

Qual é a importância do benchmarking para a empresa?

Não dá para falar sobre o que é benchmarking sem apontar a sua importância no mundo corporativo. A alta competitividade exige que esse seja um processo contínuo, respeitando objetivos, metas e indicadores.

Saber o que o concorrente está fazendo não é uma questão de curiosidade ou de fazer igual. A sua importância está concentrada justamente na aprendizagem que essa pesquisa promove e, por meio dela, o crescimento do negócio.

Sendo assim, a importância do benchmarking se concentra nas melhorias dos processos, já que, ao utilizar exemplos de sucesso, a tendência é diminuir a incidência de erros.

É preciso destacar que ele também pode ser aplicado dentro da própria empresa, estabelecendo critérios comparativos entre setores distintos. Dessa forma, é possível potencializar as características positivas e estabelecer um padrão para que todos os departamentos operem com a mesma qualidade.

Como utilizar essa estratégia para conseguir insights para o negócio?

O benchmarking não é só uma questão de saber o que o concorrente está fazendo por meio das redes sociais. Para que ele funcione, deve haver todo um planejamento por trás do processo. Só assim ele realmente poderá servir como uma ferramenta efetiva para a geração de insights.

O primeiro passo é ter consciência de que é preciso respeitar todas as particulares do negócio — tanto do que vai servir de exemplo quanto o que está utilizando a estratégia. A partir disso, recomenda-se seguir os seguintes passos:

  1. estabelecer quais informações específicas serão analisadas;

  2. selecionar as empresas que serão observadas;

  3. definir de que forma esses dados serão acessados;

  4. fazer um levantamento da própria base de dados para que realmente haja um comparativo;

  5. utilizar os dados colhidos em prol da melhoria dos processos;

  6. estabelecer a periodicidade para que o negócio apresente melhorias contínuas.

Quando realizar o benchmarking?

Vale a pena destacar a importância da periodicidade do benchmarking. Sem mensurar seus resultados e estabelecer uma certa frequência na sua aplicação, as melhorias param de acontecer.

Se o objetivo da sua empresa é buscar inspiração para as campanhas de marketing, é importante ficar de olho de quanto em quanto tempo a concorrência faz suas apostas. Depois disso, é possível aplicar as ações no próprio negócio e verificar os resultados.

Utilizando o benchmarking com organização e ética, respeitando a cultura da empresa e agindo com inteligência é possível garantir uma boa vantagem competitiva no mercado.

Gostou de saber o que é benchmarking e tem interesse por novas informações que ajudem seu negócio a prosperar? Então siga-nos nas redes sociais! Estamos no LinkedIn, no Instagram e no Facebook!