Você sabe como funciona o RH 3.0? Veja como implementá-lo!

Nas últimas décadas, muitas transformações envolveram a evolução do gerenciamento de Recursos Humanos. Tais mudanças são consequências da necessidade do aperfeiçoamento das habilidades competitivas das empresas. Dessa forma, saber como funciona o RH 3.0 ajuda a encontrar um modelo de gestão baseado em participação e agilidade.

Esse novo modelo de gestão tem como proposta avaliar o gerenciamento de pessoas sob uma perspectiva diferente, aliando a função do gestor de RH à tecnologia. O objetivo é integrar cada vez mais os profissionais e humanizar os líderes.

Neste artigo você vai aprender um pouco mais sobre essa nova forma de gestão do RH e como implementá-la na sua empresa. Acompanhe!

Conheça razões para adotar o RH 3.0

Nos dias de hoje, é crucial que as companhias compreendam a importância do investimento em tecnologias e talentos na área de Recursos Humanos. Isso acontece porque modelos ultrapassados de gestão impedem o crescimento de qualquer negócio.

Então, vale muito a pena apostar nas ferramentas tecnológicas para melhorar a performance do departamento, além de promover a motivação, o engajamento e a produtividade dos funcionários a partir do foco comportamental. Assim, a instituição é impulsionada para um crescimento maior.

Saiba como melhorar a gestão de RH com a tecnologia

Ao compreender que o setor de Recursos Humanos é mais do que um simples segmento burocrático da empresa, o RH 3.0 surge dando uma nova função para a gestão de colaboradores e transformando a automatização dos antigos processos — para conectar os talentos às estratégias corporativas

Como dissemos, um dos objetivos desse novo paradigma é promover a motivação e a produtividade dos funcionários.

Portanto, faz parte da aplicação desse novo modelo de gerenciamento o incentivo à capacitação dos colaboradores, o que resulta em diversos benefícios para a companhia, como um clima organizacional melhor, mais economia, resultados positivos e a propagação da cultura empresarial.

Use tecnologia para melhorar a postura dos profissionais

É comum pensar que quando o tema “novas tecnologias nas empresas” é abordado, a intenção é substituir colaboradores por máquinas e aparelhos automatizados. No entanto, como citamos ao longo deste artigo, a meta global das novas formas de gestão de colaboradores é melhorar a forma de trabalho existente — e não descartá-las.

Logicamente, alguns serviços serão automatizados, mas existem tarefas que somente a capacidade humana de análise e execução pode realizar.

O uso da tecnologia como forma de análise do comportamento digital das pessoas ajuda a companhia a reconhecer os profissionais mais qualificados e que compreendem os valores e alinhamentos da organização.

A partir daí, o novo sistema trabalha para aperfeiçoar as habilidades desses colaboradores, para que o desenvolvimento da empresa seja impulsionado.

Realize um diagnóstico do RH

Antes de tudo, você precisa conhecer profundamente os problemas e os benefícios da dinâmica do RH no ambiente corporativo. Na prática, as melhorias só conseguem ser desenvolvidas com base em estudos detalhados sobre o assunto.

O grande segredo está em colocar tudo na ponta do lápis para compreender qual é o momento atual do negócio. Saiba que uma casa bem arrumada reflete diretamente no engajamento dos funcionários e nos resultados financeiros.

Por isso, esse tipo de avaliação mostra exatamente quais são os objetivos futuros com foco nos pontos que devem ser melhorados. Todo o trabalho, como consequência, ganha uma versão mais otimizada sem deixar de lado o posicionamento estratégico dentro da empresa.

Integre todas as áreas e os colaboradores

A integração é um fator essencial na hora de colocar em prática as características do RH 3.0. Portanto, seu papel se torna conversar com todas as áreas para descobrir as necessidades tanto de colaboradores quanto de gestores.

O principal diferencial nesse tipo de método está em compreender como funciona cada etapa do trabalho realizado com a intenção de apresentar soluções cada vez mais eficientes. Com um cenário objetivo, fica muito mais simples identificar os pontos que geram competitividade em relação à concorrência.

Outra questão que deve ser levada em consideração é a possibilidade de capacitar os gestores junto à proposta do RH para criar uma equipe atualizada com as mesmas ideias. Quando todos olham para o mesmo objetivo, os colaboradores tendem a vestir a camisa do negócio com o dobro de engajamento.

Aprenda a trabalhar com dados

No andamento do trabalho do RH, o profissional envolvido precisa aprender a trabalhar com dados. Com esse tipo de análise se torna mais simples criar planos de ação que tenham a cara do seu negócio. Além disso, colete informações precisas para impulsionar os resultados com metas que estimulem o crescimento no longo prazo.

Aproxime-se de todas as áreas com o objetivo de identificar os melhores caminhos a seguir, sem deixar de lado a preocupação em usar ferramentas adequadas. Revise com frequência todos os dispositivos usados nessa coleta e busque avanços para tornar todo o processo cada vez mais detalhado.

Assim, a evolução da organização interna reflete no crescimento de mercado por meio de uma empresa que arruma primeiro a casa para, só depois, prestar serviços que priorizam a qualidade diante das exigências dos consumidores.

Construa uma nova cultura organizacional

Como já citamos, quando o funcionário veste a camisa da empresa de uma maneira engajada, o RH 3.0 claramente será o ponto direcionador do serviço de qualidade. O motivo é que, ao ter uma base bem estruturada, o processo mais dinâmico de trabalho se mostra como um resultado que direciona as mudanças internas.

Em função disso, a partir do olhar estratégico do profissional responsável pelo marketing, fica claro que não basta inserir novas tecnologias. O diferencial mesmo envolve o processo de conscientização dos colaboradores e, especialmente, dos líderes que representam o pilar na forma como o universo corporativo se comporta.

Agora você já sabe como funciona o RH 3.0. Lembre-se que setor de Recursos Humanos é um segmento do negócio que precisa ser atualizado constantemente. Essa proposta representa o resultado dessa evolução organizacional em uma nova forma de gestão que contribui para a otimização do tempo, a automatização de processos e a obtenção dos retornos essenciais para o crescimento dos funcionários e da companhia.

Agora que você já sabe do que se trata esse novo modelo de gestão, siga-nos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn e no YouTube para receber mais notícias relacionadas ao assunto!