As dinâmicas de team building se tornaram uma verdadeira febre no universo corporativo. De fato, com o dia a dia estressante em um escritório, muitos colaboradores precisam de uma dose extra de ânimo para estreitar relacionamentos e gerar resultados positivos onde trabalham.

Esse conceito foca exatamente em sair da zona de conforto por meio de experiências divertidas e inovadoras. Se você não sabe como aplicar a ideia na sua empresa ou equipe, não se preocupe! Existe uma série de temas adaptáveis a todos os tipos de negócios — basta saber quais são os objetivos da sua organização e pensar de maneira inovadora.

Então, quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e confira agora dinâmicas de team building que podem ser aplicadas em qualquer segmento!

1. Experiência gastronômica

As experiências gastronômicas são únicas e sensoriais. O evento auxilia a melhorar as relações corporativas por aflorar o senso de equipe, ao mesmo tempo que foca na criatividade. O grande diferencial é buscar resultados em núcleos específicos da empresa, de acordo com os objetivos de trabalho.

Um bom exemplo disso é o evento proporcionado pelo Experience Lounge à empresa farmacêutica Novo Nordisk. O encontro reuniu 13 importantes executivos para trabalharem o team building com ajuda da gastronomia. Em um ambiente agradável, comandado pelo renomado chef Bruno Monreal, os participantes enfrentaram desafios e conheceram melhor seus companheiros.

A atividade personalizada começa ao colocar a mão na massa, durante os preparativos dos ingredientes nas receitas selecionadas. O engajamento ficou ainda mais acentuado pelo fato de que os três grupos trabalharam na dinâmica enquanto preparavam seu próprio jantar.

2. Quebra-gelo

As atividades do team building são estrategicamente direcionadas para motivar. Tenha em mente que os colaboradores são os primeiros clientes de um negócio. Assim, antes de fechar negócios, verifique se a equipe está por dentro das melhores técnicas de abordagem.

É necessário convencer primeiro os colaboradores sobre os benefícios de produtos ou serviços, a fim de que tenham condições de impulsionar a decisão dos clientes. O melhor caminho para isso é investir em experiências dinâmicas, que ajudem a quebrar o gelo, com a intenção de gerar união nas relações corporativas.

Funciona assim: o participante escreve em uma folha duas verdades e uma mentira, assinalando a frase falsa sem que os outros vejam. Outro membro da equipe deve fazer a leitura em voz alta para que todos tentem descobrir o que é verdade ou mentira.

3. Escape room

Essa dinâmica costuma ser bastante divertida, já que estimula o raciocínio lógico com uma série de desafios e jogos. Todos os setores da empresa podem participar pelo fato de a atividade agregar muito valor ao resultado — é uma espécie de gincana entre times.

A experiência é baseada em um jogo de fuga realizado em uma sala temática, com pistas que precisam ser desvendadas pelos participantes dentro de um tempo limite. Na maioria das vezes, há uma temática de histórias de terror ou de atos de salvamento. Ganha a equipe que conseguir sair da sala em menos tempo, tendo desvendado os enigmas.

4. Cor do grampeador

Outra experiência que está em alta é a “cor do grampeador”. Apesar de parecer simples à primeira vista, ajuda a criar uma conexão com o ambiente de trabalho. É muito simples: todos os participantes ficam reunidos em uma sala e o organizador da dinâmica faz uma lista de perguntas que estimulam a memória sobre detalhes do escritório. Veja, a seguir, alguns exemplos:

  • Qual é a cor do micro-ondas?
  • Qual é a marca dos computadores?
  • Qual é a cor das cortinas?
  • Onde fica o extintor de incêndio?

Assim, os membros da equipe tentam descobrir as respostas em grupo, como uma verdadeira rede de apoio. O intuito é que se estenda também ao trabalho no dia a dia. Outro ponto é que a dinâmica estimula os colaboradores a se concentrarem no presente, pois ao errarem as respostas, fica evidente o quanto são consumidos pelo estresse e pela ansiedade.

5. Jogo dos rótulos

Nessa dinâmica, os participantes são divididos em dois times. Cada grupo começa conversando entre si por alguns minutos, expondo gostos e preferências. Depois, cada time deve criar algumas categorias a partir das preferências observadas. O objetivo é que as pessoas encontrem semelhanças entre si, ou seja, rótulos positivos, gerando posteriormente mais interação entre elas.

6. Torre de Babel

O objetivo desse jogo é melhorar a comunicação e promover a cooperação. Funciona de maneira um pouco mais complexa: cada participante recebe a mesma quantidade de peças de lego e instruções secretas sobre como a torre deve ser construída (exemplo: a torre deve ser amarela ou a torre deve ter 5 andares).

7. Quebra-cabeça

O objetivo é promover a cooperação e a resolução de problemas. Para isso, imprima uma foto com boa resolução em um tamanho bem maior (cinco vezes maior, por exemplo), e depois corte-a em vários pedaços iguais. Os participantes da dinâmica devem organizar as peças para montar a imagem original.

8. Trilha no escuro

Os colaboradores devem formar uma fila indiana, colocando a mão sobre o ombro do colega da frente. Com exceção da primeira pessoa da fila, todos devem estar vendados. O desafio é guiar o grupo em silêncio, apenas direcionando onde todos devem seguir. A atividade ajuda a desenvolver o espírito de liderança e trabalha a união entre colaboradores.

Os benefícios das dinâmicas de team building

Oferecer dinâmicas de team building na sua empresa ou negócio traz muitas vantagens ao clima organizacional. Promover essas experiências com regularidade ajuda a reduzir o estresse e a mudar as perspectivas que as pessoas têm sobre as outras. Existem vários benefícios, como:

  • motivação: quando o ambiente de trabalho se torna monótono e repetitivo, é preciso introduzir algo novo. Sabe o motivo? O ser humano gosta de desafios, de aprender coisas novas e se tornar reconhecido naquilo que faz. Portanto, as dinâmicas são surpresas vantajosas. Trazem novas oportunidades para as pessoas se conhecerem melhor, para criarem relações profundos e gostarem mais da empresa;
  • comunicação: existem muitos motivos para as pessoas falharem na comunicação com o próximo, como timidez, falta de intimidade, perspectivas negativas sobre o outro, ou simplesmente falta de oportunidade. As dinâmicas de team building servem justamente para eliminar ou, pelo menos, reduzir esses obstáculos. Com isso, a troca de informações torna-se mais clara e objetiva;
  • integração: atividades que forcem a cooperação de todos para obter o sucesso tiram as pessoas das suas respectivas zonas de conforto, e isso é sempre bom para o crescimento pessoal e profissional. Dependendo da dinâmica, é interessante envolver colaboradores de setores e cargos hierárquicos distintos. Isso desperta a atenção de todos sobre a importância e poder da união.

Se você ainda não experimentou dinâmicas de team building em sua organização, talvez seja hora de considerar esse tipo de atividade! Afinal, agora você já conhece a importância de investir nessas experiências para melhorar a sua empresa.

Lembre-se que o segredo para motivar os colaboradores é realizar os eventos fora do ambiente corporativo tradicional. Por isso, procure apresentar lugares novos, que possam impulsionar todo o potencial criativo da equipe.

Se você gostou desse post sobre dinâmicas de team building, o que acha de nos seguir nas redes sociais? Assim, poderá acompanhar mais assuntos como esse. Estamos no FacebookInstagram e LinkedIn. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + dezesseis =